Home » » Católicos VIP participa do Encontro que discutiu "Como falar com as pessoas hoje, em São Paulo"

Católicos VIP participa do Encontro que discutiu "Como falar com as pessoas hoje, em São Paulo"

Signis Brasil realizou evento de Formação e Articulação de Projetos, neste final de semana, de 2 a 4 de outubro 2015, na Casa de Oração das Irmãs Paulinas, em São Paulo, com os associados e representantes de comunicação de impressos (jornais e revistas), rádios, TVs, cinema e portais.

Na abertura do encontro de Formação e Articulação de projetos com as mídias católicas, na sexta-feira, 2, a presidente da Associação, Ir. Helena Corazza, deu as boas vindas aos mais de 60 representantes dos meios de comunicação do Brasil, onde o Católicos VIP teve seu representante o Sr Marcelino Delminio, CEO da CTV Prodouções empresa detentora da marca Católicos VIP. 
A mesa de abertura contou com a presença do tesoureiro de Signis, Padre Sérgio Gheller; o presidente da RCR, Frei João Carlos Romanini; o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, Padre Rafael Viera e a vice-presidente da RCR, Angela Morais. Precedeu a apresentação dos participantes, o resgate da história de Signis e projetos conjuntos já realizados, sobretudo pelos impressos e rádio.
O objetivo do evento foi refletir e compartilhar alegrias e esperanças, na busca de melhor atuação no campo da evangelização e da cultura, no contexto em que vivemos, marcado pela mudança. Na dinâmica, momentos de reflexão e trabalhos em grupos de interesse, plenárias com o objetivo de todos conhecerem os trabalhos dos setores, conforme se organiza Signis Brasil.
O tema central do evento “Como falar com as pessoas hoje”, contou com a assessoria de dois especialistas na área de comunicação, mercado e tendências. Sílvio Sato, doutor em Ciência da Comunicação pela ECA-USP e professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing; José Paulo Hernandes, do Instituto de Pesquisa GALUP, pesquisador na área de mercado e observador da comunicação da Igreja.
Para o especialista, Silvio Sato, “a troca de experiência foi muito rica, todas as perguntas muito interessantes, a questão das convergências, me parece, foi à questão central, ou seja, de como utilizar meios de comunicação, as plataformas e redes de uma maneira que seja coerente, conveniente  adequada também não só para o público mas também para o próprio veículo de comunicação. O nosso grande desafio é o que a tecnologia pode nos ajudar, a tecnologia tem que servir o homem e não o homem a tecnologia”.
José Paulo Hernandes destacou três aspectos durante o evento: “o primeiro o foi à união das várias mídias para discutir os problemas em conjuntos e ouvi as tendências; o segundo foi discutir as melhores práticas expor experiências positivas e eventualmente experiências negativas e com estes compartilhamentos de práticas de gerar um conhecimento; e o terceiro aspecto foi à integração entre os meios presentes ao evento, rádio, TV e a mídia impressa, pois esta integração é fundamental”.  
Os grupos de trabalho aconteceram na parte da tarde, por segmentos onde os representantes de meios de comunicação refletiram seus projetos em andamentos e desafios neste tempo de mudança e apresentaram, no último dia do evento, uma plenária para toda a assembleia.
Para as emissoras de rádio o tema central foi a Migração do AM para FM com a assessoria do Engenheiro Eduardo Cappia, já conhecido no meio católico, que apresentou o processo de migração, a questão dos equipamentos, receptores, valores que se imagina pagar pela adaptação de outorga. O engenheiro declarou à nossa reportagem: ”Me sinto recompensado pelo fato da lembrança de poder transmitir um pouco daquilo que a gente conseguiu de experiências nestes anos todos para este público. O público se comportou extremamente atento em se tratando de coisas técnicas, foi muito bom o desempenho”.
Os representantes dos impressos também dialogaram com o pesquisador José Paulo Hernandes sobre Mudanças, desafios e tendências com o digital. Para a diretora de redação da Revista Família, Irmã Osnilda Lima, “O que nós estamos discutindo nas nossas reuniões é de como podemos atingir um público maior, ou seja, como o conteúdo evangelizador, a nossa proposta de conteúdo chega a um número maior de pessoas. Ainda não chegamos a nenhuma resposta clara e objetiva, mas estamos refletindo juntos e nesta busca em conjunto, para buscar caminhos alternativos para chegar a um público maior”.
Para o assessor da CNBB, Padre Rafael Vieira, o encontro foi produtivo e positivo. “Eu vim participar representando a Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, na impossibilidade da presença do nosso presidente, Dom Darci Nicioli. Eu considero que este encontro foi de grande proveito. Eu levo comigo uma riqueza particular que é a percepção do interesse dos comunicadores da Igreja pela formação. Foi muito positivo e produtivo o encontro, os esclarecimentos dados pelos especialistas foram muito úteis para o nosso trabalho no cotidiano e também foi um grande testemunho no conjunto da nossa comunidade, que posso levar e comunicar para a conferência dos bispos”.
Durante o encontro de Formação e Articulação, foi realizada a entrega da 2ª Edição do Troféu Signis Brasil, que tem como objetivo manifestar o reconhecimento e o carinho perante as mídias e instituições que são reflexos da comunicação na Igreja. 
A presidente de Signis Brasil, Ir. Helena Corazza, fez a avaliação deste segundo encontro de Articulação e Formação com mídias católicas: “Acredito que foi um evento muito bom e intenso, realizamos o programado na temática, que foi a preocupação de falar com as pessoas de hoje. Signis Brasil está levando adiante, toda uma nova configuração do site, que é internacional, latino-americano e brasileiro, um projeto ousado, entre outros. Também agradeço a presença do Padre Rafael, assessor da Comunicação da CNBB. Estamos nesta busca de somar e de contribuir, de construirmos pontes e para trabalharmos juntos para um cultura de paz”.
Para o presidente da RCR, Frei João Carlos Romanini, “o encontro de Signis Brasil em parceira com a RCR, foi extremamente positivo com os propósitos  com quem os meios de comunicação estão conversando. Um mundo completamente em mudança: tecnologia, comportamento, conceito, paradigmas em mudança. E o veículo de comunicação católico, o Rádio, por onde nós vamos  abre muitos caminhos e espero que os veículos que participaram do encontro voltem pra casa e comecem a refletir”.  
Para Marcelino Delminio, CEO  do Católicos VIP que participou do evento, "vai ser muito útil a aplicação das formações recebidas em nossos sistemas de evangelização Web-católicos VIP de Web TV e no maior portal católico de entretenimento do Centro Oeste do Brasil".
Veja algumas fotos aqui.

Marcelino em Missão para o Católicos VIP.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Suporte : CatólicosVIP | CTV Produçoes | Missao JAC
Copyright © 2014. Noticias / Artigos - Todos os Direitos Reservados
Template Criado por: Católicos VIP Parceria de: Missão JAC
Produção: CTV Produções